• Aruc Alimentos

Como Ter Uma Alimentação Saudável


Muitas pessoas pensam que ter uma alimentação saudável é um privilégio de poucos, pois acreditam, erroneamente, que para ser saudável é necessário gastar muito dinheiro na compra de produtos orgânicos caros ou mesmo produtos importados com aparência impecável.

A verdade é que somos todos privilegiados por vivermos em um país com uma abundância de alimentos sem igual e com uma diversidade enorme de opções tão saudáveis quanto baratas.

Ter uma alimentação saudável na verdade é algo muito simples e acessível a todos. E a boa notícia é que quanto mais pessoas mantiverem hábitos saudáveis na alimentação, maior será a disponibilidade de produtos saudáveis, uma vez que os produtores serão estimulados a investir cada vez mais na produção deste tipo de alimento.

Mas afinal de contas o que significa ter uma alimentação saudável?

Veja abaixo uma lista de características que definem o significado de alimentação saudável:

Alimento é cultura!

Uma parte importante da alimentação saudável está relacionada aos hábitos culturais do local onde se vive. Um bom exemplo deste aspecto é o bom e conhecido arroz com feijão brasileiro. Presente na mesa de praticamente todas as casas do Brasil, não é a toa que estes alimentos possuem tamanho significado para nossa cultura, pois a combinação dos dois compõe uma consistente fonte de vitaminas do complexo B, além de cálcio, proteínas e ferro, substâncias essenciais para o bom funcionamento do corpo humano.

O arroz com feijão é um bom exemplo nacional, mas além dele existem diversos exemplos regionais que estão nos pratos há séculos. Esse conhecimento muitas vezes não científico dos benefícios de determinados pratos faz parte de um longo processo de aprendizado de um povo quanto aos melhores alimentos a serem consumidos, portanto esteja atento aos hábitos regionais do local onde vive e aproveite ao máximo o que sua cultura possui de melhor.

Ter saúde não custa caro

Não custa caro ter uma alimentação saudável, pois a base da saúde alimentar está nos alimentos in natura, produzidos regionalmente.

Sem os processos industriais que agregam custo aos produtos, as verduras legumes e frutas são sempre as melhores opções para se manter no prato. Além de se manter saudável, comprando de produtores locais você ainda estimula a economia da sua região e fortalece a comunidade como um todo.

Ah! fuja dos alimentos industrializados! As propagandas das grandes empresas que processam esses alimentos podem ser lindas, mas a consequência para sua saúde já não é tão bonita assim!

Que tal variar... sempre?

Manter um cardápio variado também é parte da essência da alimentação saudável.

Apesar de ser tentador e por vezes até mais prático sempre consumir aquilo que mais gostamos, fugir da monotonia alimentar é importante para ter acesso a diversos tipos de nutrientes necessários para o bom funcionamento do corpo.

Comer sempre os mesmos e poucos alimentos limita o acesso à substâncias essenciais ao corpo e no longo prazo pode causar condições de saúde indesejadas.

A cor da sua comida fala

As cores dos alimentos são um bom indicativo das substâncias presentes neles e pensando em variedade de nutrientes, comer alimentos de cores diferentes pode ajudar a aumentar a gama de nutrientes ingeridos.

Além disso, as cores influenciam nosso desejo por comer determinados tipos de alimentos. Sendo assim, explore ao máximo a paleta de cores do seu prato e inclua legumes, frutas, verduras e tubérculos das mais variadas cores possíveis.

Quanto e quando?

Pegar leve na quantidade de alimentos ingeridos é sempre uma boa pedida. Dê preferencia a pequenas porções regulares e procure se alimentar no mínimo 3 vezes ao dia e fazer 2 lanches entre as refeições principais. Comer muito e poucas vezes pode te satisfazer, mas ao longo do dia vai sempre bater aquela vontade de beliscar alguma coisa que com frequência não vai ser tão saudável assim.

Além disso, comer 3 vezes ao dia com um lanchinho entre cada refeição (café, almoço e janta) ajuda na prevenção de úlceras, uma vez que o suco gástrico não vai ter muito tempo de reagir com as paredes do estômago por longos períodos.

Fique de olho!

- Faça pelo menos 3 refeições (café da manhã, almoço e jantar) e 2 lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

- Inclua diariamente 6 porções do grupo do cereais (arroz, milho, trigo, pães e mas­sas), tubérculos como as batatas e raízes como a mandioca/macaxeira/aipim nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimen­tos naturais.

- Coma diariamente pelo menos 3 porções de legumes e verduras como parte das refeições e 3 porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

- Coma feijão com arroz todos os dias ou , pelo menos, 5 vezes por semana. Esse pra­to brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde.

- Consuma, no máximo, 1 porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou marga­rina. Fique atento aos rótulos dos alimen­tos e escolha aqueles com menores quantidades de gorduras trans.

- Consuma diariamente 3 porções de alimentos ricos em proteína e cálcio. Escolha os alimentos que mais combinam com seu estilo de vida e aqueles que mais gosta.

- Evite refrigerantes e sucos industrializa­dos, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas como regra da alimentação.

- Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. Evite consumir alimentos industrializados com muito sal (sódio) como hambúrguer, charque, sal­sicha, linguiça, presunto, salgadinhos, conservas de vegetais, sopas, molhos e temperos prontos.

- Beba pelo menos 2 litros (6 a 8 copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

- Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade físi­ca todos os dias e evite as bebidas alcoóli­cas e o fumo. Mantenha o peso dentro de limites saudáveis.

Planejamento é tudo

Por fim, um importante aspecto de uma alimentação saudável é o planejamento do que comer.

Prepare-se com antecedência para comer alimentos que são mais saudáveis. Deixar para decidir o que comer de última hora pode ser uma decisão perigosa pois pode ser muito mais fácil consumir alimentos industrializados e/ou alimentos nem tão saudáveis assim.

Prepare uma agenda daquilo que pretende comer ao longo da semana e programe as compras para ter disponível aquilo que vai te trazer mais benefícios.

Viu só, ter uma alimentação saudável é algo bastante simples e está ao alcance de todo mundo. Agora fique ligado no nosso blog que em breve traremos mais dicas de como manter uma alimentação saudável para ter uma vida cheia de saúde e de felicidade. =) #alimentacaosaudavel #saude #natural #saudavel #alimento #comida

4 visualizações
Navegação
Contato
Redes Sociais
Formas de Pagamento
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
Apiário - Bairro dos Grilos - Ibiúna - São Paulo, CEP: 18150-000 - Brasil
Distribuição - Aldeia de Barueri - Barueri - São Paulo, CEP: 06440-000 - Brasil
Telefone: 11 97183 5452
CNPJ: 26.815.306/0001-90