• Aruc Alimentos

Consumo Consciente: Consumo Local


Estamos diariamente sendo lembrados dos problemas ambientais que enfrentamos em escala global, os problemas econômicos e sociais (especialmente neste período de pandemia), mas será que estamos tão conscientes das causas ou de possíveis alternativas para estes problemas como estamos dos problemas em si?

Nesse texto vamos abordar o tema do consumo consciente, mais especificamente o tema do consumo local, isto é, as considerações a serem feitas na decisão de compra de um produto ou serviço com relação a sua procedência.

Antes de entrarmos no assunto porém, é preciso deixar claro que consumo consciente não quer dizer deixar de consumir um produto ou serviço simplesmente, mas sim estar consciente dos processos envolvidos na produção e distribuição de um produto ou serviço e ponderar se esta é ou não a melhor escolha do ponto de vista social, ambiental e econômico.

Com isso em mente, vamos ao tema.


Globalização

O movimento da globalização e os avanços tecnológicos tem levado as nações a serem cada vez mais interconectadas. Não há dúvida de que a globalização tem contribuído para a divisão não só de recursos financeiros, mas também intelectuais, proporcionando o desenvolvimento de diversos países que antes eram isolados de determinados conhecimentos.

Não há dúvida também que a globalização deu acesso a recursos antes indisponíveis em alguns mercados e trouxe para o consumidor comum a possibilidade de adquirir produtos antes só disponíveis fora do seu país. A facilidade de aquisição de produtos de qualquer parte do globo através da internet acelerou ainda mais o processo de globalização das economias. Mas será que quando decidimos comprar um produto de outro país baseando-se apenas no menor preço estamos fazendo uma escolha consciente de todos os custos envolvidos na decisão?


Custo ambiental

Em 2014, mais de 10 bilhões de toneladas de produtos foram transportados por frete marítimo em todo o mundo. A grande maioria de todo esse volume foi transportada por aproximadamente 50 mil navios que compõem a frota mundial de grandes cargueiros.

Cada navio cargueiro de grande porte consome de 100 a 300 toneladas de combustível por dia, dependendo da velocidade em que opera e apesar de atualmente o transporte internacional de cargas marítimas ser responsável por cerca de 3% a 4% das emissões de carbono humana, o parlamento europeu estima que este número pode chegar a 17% em 2050.


Práticas de trabalho

De acordo com a ILO (Organização Internacional do Trabalho, na sigla em inglês), estima-se que em 2016 mais de 40 milhões de pessoas foram submetidas a o que chama de escravidão moderna, sendo que 71% eram mulheres e meninas e mais de 25 milhões delas foram submetidas a condições de trabalho forçado.

É triste pensar que no ano de 2021 ainda tenhamos tantas pessoas submetidas a tais condições, mas infelizmente essa ainda é a realidade que vivemos. portanto conhecer as práticas das empresas das quais compramos nossos produtos é parte essencial da decisão de compra consciente.


Consumo local

Com toda a facilidade do e-commerce moderno é fácil perder de vista os mecanismos que fazem uma pequena compra feita do outro lado do mundo chegar a nossa porta, pois o que vemos de todo o processo são apenas alguns cliques selecionando os produto e alguns passos até o portão para recebermos a entrega. Além disso, é difícil conhecer a reputação e as práticas de uma empresa onde tudo o que vemos é o ambiente virtual.

De qualquer forma, não são apenas estes aspectos que importam na decisão de realizar uma compra local, visto que muitos outros podem e devem ser considerados na decisão de compra. E pra ajudar o leitor a explorar um pouco mais a questão do consumo local, aqui vão algumas dicas:


Mais perto geralmente é mais fresco

Já parou para pensar quanto tempo aquelas uvas chilenas expostas no mercado levaram desde sua coleta até a exposição na prateleira? Pois é, as chances de encontrar produtos mais frescos e com menos conservantes é muito maior quando o produto é produzido próximo do local de consumo. Assim, é importante ficar ligado em quais são os produtos produzidos próximos de você, para encontrar os mais fresquinhos.


Embalagem conta

Recentemente algumas cidades no Brasil e no mundo tem avançado na proibição ou restrição do uso de sacolas plásticas, mas você já parou para pensar na quantidade de embalagens que são necessárias para garantir que um alimento produzido no outro lado do mundo chegue em seu destino sem ser danificado? Sim, são necessárias muitas outras embalagens além das que vemos nas prateleiras, que geralmente são descartadas pelos próprios supermercados ou revendedores. Geralmente produtos locais não só precisam de menos embalagens mas também podem ser transportados em embalagens mais simples como sacos de papel, por exemplo.


Suporte a economia

O aspecto econômico da escolha de compra local talvez seja o mais simples de ser notado. Ao escolher comprar de uma empresa próxima de onde mora, não só está contribuindo para a empresa em si e para o governo local que irá recolher os impostos e (teoricamente ao menos) retorná-los em benefícios para você mesmo. Além disso, escolhendo um negócio local é mais provável que o dinheiro circule na região, gerando postos de trabalho e não só garantindo o sustento de seus vizinhos, mas também contribuindo para que a comunidade local como um todo prospere. O ganha-ganha aqui é óbvio.


Saiba a origem do que consome

Ao comprar de produtores locais fica muito mais fácil conhecer a origem dos produtos que está consumindo além de ser menos provável que intermediários alterem alguma característica do produto. Se tiver alguma dúvida, é só esclarecer com o produtor ou mesmo pedir para visitar a produção.


Faça mais amigos

Além de todos os benefícios acima listados, comprar de produtores locais é uma ótima oportunidade de aumentar sua rede de amigos, ter acesso a mais informações sobre um mercado específico e quem sabe até conseguir descontos que não conseguiria de outra forma.


Consumo CONSCIENTE

É claro que a globalização e a facilidade de aquisição de bens e serviços são avanços indiscutíveis. E apesar da exposição do exemplo do custo ambiental dos transportes internacionais, o ponto do texto não é incriminar uma prática ou outra, mas sim apenas provocar o leitor a explorar um pouco mais o conceito do consumo consciente e também convidá-lo a pensar um pouco mais sobre todos os aspectos envolvidos nas escolhas econômicas que fazemos, pois o poder de escolha de onde gastamos nosso dinheiro é a arma mais poderosa que temos para mudar um mundo movido exatamente pelo dinheiro. Os negócios que colocamos nosso dinheiro são os negócios que prosperarão e com eles suas práticas, que cedo ou tarde voltam para nós mesmos de alguma forma ou de outra.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Navegação
Contato
Redes Sociais
Formas de Pagamento
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
Apiário - Bairro dos Grilos - Ibiúna - São Paulo, CEP: 18150-000 - Brasil
Distribuição - Aldeia de Barueri - Barueri - São Paulo, CEP: 06440-000 - Brasil
Telefone: 11 97183 5452
CNPJ: 26.815.306/0001-90