• Aruc Alimentos

O Que São Aditivos Alimentares?


Já parou para ler a composição daquele pacote de biscoitos que você adora comer durante a tarde?

Se você já fez esse exercício ou se você é daquelas pessoas que lêem os ingredientes de tudo que compra, você já deve ter notado a quantidade de nomes estranhos e produtos que mais parecem elementos químicos de um filme de ficção científica que estão impressos nas embalagens. Isso sem contar o número de vezes que algumas empresas não se preocupam em incluir o nome da substância e apenas incluem o código que a define. Alguém já te explicou o que significa "Emulsificante INS 331(ii)"?

Pois é, vamos aos detalhes....


Definição

Existe uma gama de substâncias que são autorizadas pelos órgãos reguladores a serem misturadas aos alimentos (muitas vezes sem limites de quantidade) para alterar ou manter o sabor, melhorar a aparência, aroma ou prolongar a sua vida útil.

No Brasil quem regulamenta essa lista de itens permitidos é a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).

A lista de aditivos brasileira contempla mais de 350 aditivos, uma verdadeira enciclopédia de componentes para alterar as características originais dos alimentos.

Essa lista de aditivos é categorizada de acordo com a função da substância no alimento e por isso as vezes a descrição das embalagens dos produtos não é tão clara, pois ao invés de dar o nome ao elemento utilizado no produto, algumas empresas preferem usar o código técnico de acordo com a tabela da ANVISA.

Dessa forma, o Citrato Dissódico ou Citrato Ácido de Sódio por exemplo, utilizado com frequência para misturar líquidos que naturalmente não se misturariam, ganha o nome de "Emulsificante 331(ii)", de acordo com a tabela definida pela ANVISA (tabela disponível aqui).


Quais os tipos mais comuns de aditivos alimentares?

Como mencionado acima, a lista de aditivos é longa e estes são subdivididos entre vários subgrupos, de acordo com sua função no alimento. Dentre as principais, temos as seguintes:


Acidulantes

Utilizados para complementar o sabor dos alimentos processados ou para servir como conservante ou antioxidante.


Regulador de Acidez

Como o próprio nome diz, são substâncias utilizadas para controlar o pH do alimento.


Antiaglomerantes e Antiumectantes

São substâncias que evitam que os alimentos se agrupem em partículas maiores como no leite em pó por exemplo.


Antioxidantes

No geral, são substâncias que evitam que as gorduras e óleos reajam com o oxigênio, tornando o produto rançoso ou mudando o sabor.


Corantes

Alteram a coloração dos alimentos, geralmente para os tornarem mais aprazíveis à visão.


Outros

A lista de categorias se extende para aditivos com as mais diversas funções possíveis como edulcorantes, estabilizantes, espessantes, umectantes, intensificadores de sabor e por aí vai.


Mas afinal de contas, qual o problema dos aditivos alimentares se são permitidos por lei?

Os aditivos alimentares são substâncias em sua vasta maioria sem nenhum valor nutricional, ou seja, não trazem nenhum benefício a saúde. Além disso, muitos possuem limites de consumo pois se consumidos em quantidades excessivas podem causar sérios problemas ao corpo humano. Entre os problemas comumente associados ao excesso do consumo de aditivos alimentares estão alergias, hiperatividade e até mesmo câncer.

A natureza, ao longo de milhões de anos, tratou de criar alimentos nutritivos e saborosos que podemos consumir sem nenhum aditivo extra e dela podemos tirar legumes, verduras, frutas, grãos, oleaginosas e uma infinidade de outros alimentos de verdade. Só recentemente, com a industrialização do mundo, o homem passou a utilizar aditivos alimentares como uma forma não só de conservar os alimentos por mais tempo como também para aumentar o apelo por determinado tipo de produto ou para capturar o paladar dos clientes.

É claro que existem diversos estudos que defendem a inocência dos aditivos, como existem também estudos que os condenam como malfeitores nocivos à saúde. Na dúvida, é sempre melhor os evitar o máximo possível e focar a alimentação em produtos naturais, in natura ou produtos pouco processados.


Quer conhecer mais sobre o uso de aditivos alimentares, seus perigos e possíveis consequências? Fique ligado no nosso blog que em breve teremos mais posts com informações importantes para você!


#aditivosalimentares #alimentacao #alimentacaonatural #alimentosnaturais #saude #saudavel #natural #innatura #bemestar

9 visualizações0 comentário
Navegação
Contato
Redes Sociais
Formas de Pagamento
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
Apiário - Bairro dos Grilos - Ibiúna - São Paulo, CEP: 18150-000 - Brasil
Distribuição - Aldeia de Barueri - Barueri - São Paulo, CEP: 06440-000 - Brasil
Telefone: 11 97183 5452
CNPJ: 26.815.306/0001-90